Quais são as reais vantagens de se ter um canal de venda online?

por | 27/12/2017 | artigos especiais, ecommerce

Você há de concordar que a Internet faz parte das nossas vidas, não é mesmo? Passar um dia inteiro sem colocar a mão no smartphone ou tablet para conferir as redes sociais, conversar com os amigos e atualizar-se sobre acontecimentos pode ser uma tortura para muitos. Outros, no entanto, passam o dia todo no computador pesquisando, jogando e estudando. Enquanto isso, muitos ganham dinheiro com venda online.

Aproveitando esse mercado de quase 140 milhões de pessoas conectadas à Internet, estão empresas dos mais variados ramos de atividade e portes, desde o microempreendedor individual até os grandes grupos empresariais. Inclusive, já adiantando, uma das vantagens de vender na Internet é o equilíbrio na concorrência entre grandes e pequenas empresas.

Enquanto as pequenas lojas físicas sofrem quando grandes marcas do varejo resolvem ser suas vizinhas, na Internet, muitas vezes, ocorre o inverso. As lojas virtuais comandadas por pequenos empreendedores são capazes de oferecer serviços de primeira qualidade e um atendimento personalizado que cativa o consumidor, enquanto as grandes se mostram frias e burocráticas.

Além disso, as ferramentas disponibilizadas para administração e controle da loja virtual acabam sendo utilizadas também para melhorar a gestão do estabelecimento físico. Portanto, se você já tem um comércio, aproveite a oportunidade para criar uma loja online e aumentar seu faturamento.

Agora, vamos ao que interessa: conheça as reais vantagens de ter um canal de vendas online. Continue a leitura!

A importância de ter um canal de venda online

Descubra, a seguir, 8 vantagens que fazem qualquer empresário querer atuar no mercado virtual. Com você, não será diferente!

Crescimento das vendas online

De acordo com uma pesquisa realizada pela Forrester Research, estima-se que as vendas online, no Brasil, devem dobrar até o ano de 2021. Conforme dados desse estudo, o e-commerce brasileiro crescerá, em média, 12,4% ao ano, chegando a um volume de faturamento da ordem de R$ 85 bilhões.

Além do aumento das vendas realizadas 100% na loja virtual, os consumidores estão se habituando a pesquisar na Internet antes de efetuar suas compras em lojas físicas. Ainda segundo a pesquisa acima, 19% das vendas em varejo do comércio tradicional sofrem influências da web. E isso aumentará ainda mais, chegando a 32% das vendas no ano de 2021.

Vendas 24 horas

Esse é o sonho de qualquer comerciante tradicional: vender 24 horas por dia, inclusive durante sábados, domingos e feriados e sem necessidade de aumentar a estrutura da loja ou correr riscos de assaltos por conta do funcionamento noturno.

Enquanto sua loja física está fechada, a loja virtual estará recebendo clientes e faturando sempre. Durante o descanso do final de semana, receitas são geradas. A manhã de segunda-feira será até mais interessante ao perceber a quantidade de vendas realizadas aos sábados e domingos.

Mercado sem limites geográficos

Por mais que você invista em uma loja grande e confortável e seus clientes se desloquem de longe para comprar de você, nunca será possível ter o alcance global que a loja virtual tem. Com um e-commerce devidamente estruturado, é possível a venda online para todo o planeta.

O que você precisa é disponibilizar formas de pagamento, como Paypal, Pagseguro e Mercado Pago, que podem ser utilizadas por clientes brasileiros e estrangeiros, por meio de cartões de crédito internacionais. Além disso, os Correios e outras transportadoras, como DHL e Golog, enviam mercadorias para o exterior, por mais longe que o seu cliente esteja.

Apenas atente para contratar uma empresa para criar uma loja virtual que tenha integração com esses serviços, como a WorkConnection.

Comodidade para o cliente e para o empreendedor

Não há dúvidas quanto à comodidade de fazer compras no horário e no local que achar mais conveniente. Seu cliente poderá comprar da sua loja usando pijama e chinelos, sem problemas. Essa é uma grande vantagem, considerando a violência das ruas e o trânsito cada vez pior.

Além disso, você poderá conquistar novos clientes, como pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção, como os idosos.

Para você, empreendedor, haverá aumento de comodidade também. A administração de uma loja virtual também pode ser feita de qualquer local e horário, tudo pelo computador, tablet ou celular.

Melhor acompanhamento do desempenho do negócio

Se você já é empresário, sabe o quanto é importante acompanhar de perto o seu empreendimento. Como diz o ditado popular, “é o olho do dono que engorda a boiada”. Mas, para tomar as decisões certas no momento oportuno, é preciso estar munido de informações corretas.

Na loja virtual, todos os processos da venda online são realizados por meio de sistemas informatizados. Isso faz com que tudo fique registrado e armazenado, podendo ser acessado quando for interessante. Assim, algumas ações, como acompanhar pedidos, repor o estoque, monitorar campanhas promocionais e saber quais produtos estão encalhados e quais vendem muito, são facilitadas.

Monitoramento do consumidor

Mais uma grande vantagem do e-commerce: conhecer o seu cliente, saber de onde vem, para onde vai, como ele encontrou a sua loja e quais são os seus hábitos. Isso tudo é possível por meio do monitoramento do consumidor.

Ao realizar uma compra, seu cliente informa seus dados pessoais, como endereço e data de nascimento. Além disso, ficam registrados, no banco de dados, o que comprou e os outros produtos pelos quais se interessou, mas não chegou a adquirir. Faça uso dessas informações, estreitando o relacionamento com seu público, e venda muito mais.

Outra opção é acompanhar o que seus clientes falam da sua loja e de seus produtos nas redes sociais. Com essas informações, é possível agir rápido e aproveitar oportunidades ou contornar ameaças.

Já na loja física, muitas vezes, o cliente entra, compra o produto e vai embora sem nem dizer o nome. Como abordar essa pessoa novamente e fazer com que ela continue comprando de você?

Flexibilidade promocional

Criar, divulgar e monitorar promoções em um comércio tradicional demanda tempo e investimento. É necessário mandar imprimir panfletos e adesivos para vitrines, gravar áudios para a rádio, esperar a semana de troca de outdoors, entre outras dificuldades. E para saber se tudo isso funcionou?

Quando se utiliza uma boa plataforma de lojas virtuais, as facilidades de montar campanhas promocionais são inúmeras. Pode-se utilizar cupons de desconto, frete grátis a partir de determinado valor, descontos para compra conjunta e muitos outros. Além disso, será possível acompanhar o desempenho da ação e fazer ajustes imediatamente.

Percebendo que a ação foi um sucesso e vendendo o produto que estava parado, será possível direcionar a campanha para outros itens ou mesmo encerrá-la de imediato e economizar o dinheiro que seria gasto no restante do prazo.

Viu como será muito mais fácil administrar suas promoções na loja virtual?

Igualdade de oportunidade

Conforme já foi falado no começo deste post, na Internet, é possível competir com as grandes redes de varejo, mesmo não tendo todo o capital de que elas dispõem. Isso ocorre porque as ferramentas para disponibilizar uma completa loja virtual não são caras, assim como também não é necessário muito dinheiro para divulgá-la.

Acaba que os pequenos empreendedores se destacam por conta da criatividade de suas campanhas e por prestarem um atendimento mais próximo e humano aos seus clientes. O que você precisa é ter organização nos processos, principalmente no controle do estoque e na entrega dos pedidos. Contando com uma plataforma que disponibiliza as ferramentas adequadas, isso fica bem fácil.

Como começar a vender online

Para abrir uma loja, seja física, seja virtual, são necessários alguns investimentos iniciais. Porém, se for comparar as duas, perceberá que o comércio tradicional sai bem mais caro, pois você precisa ter um ponto muito bem localizado, instalar placas, vitrines, móveis, equipamentos…A lista é bem grande.

Quando for abrir a loja virtual para começar a vender online, os seus principais custos serão com o marketing e com a plataforma, pois isso é de fundamental importância. É por meio de campanhas bem feitas que a sua loja ficará conhecida pelo seu público, e é com uma ótima plataforma que os seus clientes encontrarão um site atraente, estável, rápido e com os recursos que procuram.

Porém, não pense que os valores gastos com esses itens serão altos. Pelo contrário, são bem menores do que o aluguel da loja física ou do que você gasta com outdoors e anúncios em rádio. Mas não tente economizar e contrate apenas empresas sérias e competentes, certo?

Nesse momento, você deve estar se perguntando: mas e a parte técnica e o visual do site? Como fazer? A resposta está neste artigo: “Como criar um canal de vendas online profissional.“!

Agora que você já sabe as vantagens de uma loja virtual e entende que ela será mais barata que uma loja física, descubra 5 passos para começar a vender online!

Planeje o negócio

O planejamento de uma empresa, seja ela virtual, seja ela tradicional, deve ser a primeira etapa do caminho para alcançar o sucesso. É aqui que você listará os seus objetivos em curto, médio e longo prazo, bem como as estratégias para alcançar esses alvos e os recursos que serão necessários para isso.

Assim, você delimitará o seu público alvo, descobrirá as suas características e necessidades e encontrará os produtos que são desejados por ele. Com base nessas informações, fica mais fácil encontrar os fornecedores certos e analisar os custos, as formas de pagamento e de entrega que deverão ser oferecidas e os demais detalhes do negócio.

Tendo tudo planejado, fica mais fácil direcionar o seu negócio para o caminho certo, encontrando oportunidades relacionadas ao seu empreendimento e avaliando se tudo está saindo de acordo com os planos. No decorrer do processo, faça os ajustes necessários e registre tudo.

Escolha a plataforma ideal

Você já ficou sabendo, neste post, que uma das maiores preocupações de quem deseja vender na Internet é a escolha da melhor plataforma, mas talvez ainda não saiba o motivo — você vai descobrir agora!

A plataforma de e-commerce é como se fosse o cérebro da sua loja virtual, o centro de comando. É nela que você conseguirá criar e administrar o seu empreendimento, definindo o seu layout, cadastrando as mercadorias, determinando o preço, as formas de pagamento e de entrega e monitorando os pedidos e o comportamento dos visitantes.

Portanto, você deve optar pelas empresas que fornecem diversos recursos tecnológicos para deixar a sua loja virtual com a aparência que deseja, de acordo com a sua marca. Além disso, é necessário também que essa plataforma seja fácil de operar e que disponibilize um suporte técnico no caso de dúvidas ou problemas.

Não tente economizar nesse item, pois a diferença de preço não é tão grande a ponto de justificar a escolha pela mais barata, mas a qualidade das opções mais em conta costuma deixar a desejar.

Determine os sistemas de pagamento

Outra etapa importantíssima para começar a vender online é definir as formas de pagamento pelas vendas. É importante oferecer diversas opções para que seu cliente escolha a maneira que mais o agrada.

No início da loja virtual, normalmente, é mais interessante utilizar intermediadores como Pagseguro, PayPal e Mercado Pago. Eles já disponibilizam diversas opções para o cliente, como boletos e cartões de débito e de crédito, à vista e parcelado. Além disso, efetuam análises quanto a tentativas de fraude.

Para que tudo funcione da maneira correta, mais uma vez, você deve prestar atenção ao escolher a plataforma, pois ela precisa estar integrada aos sistemas de pagamento, ou poderão ocorrer falhas nos recebimentos, bem como perdas de vendas — tudo o que você não quer!

Defina as formas de entrega

Depois que o cliente efetua uma compra em uma loja virtual, ele passa a ficar extremamente ansioso para receber logo a encomenda. Caso a entrega venha a atrasar, com certeza será motivo de grande insatisfação. Portanto, estude quais serão as melhores opções para que seus consumidores recebam suas compras no menor prazo possível.

Por outro lado, um dos maiores motivos que levam os visitantes de um site a abandonar o carrinho de compras é o alto valor do frete. Assim, você precisa equilibrar as duas variáveis: prazo e preço.

Além disso, jamais venda o que não tem no estoque e acompanhe cada pedido de perto, para que seu cliente fique sempre satisfeito e volte a fazer novas compras.

Utilize o Marketing Digital

Ter uma linda loja virtual, cheia de recursos, com vários produtos a preços atraentes ainda não é o suficiente para começar a vender. Você precisa que a sua loja fique conhecida do seu público-alvo e atraia o seu interesse. Para isso, terá que utilizar técnicas de Marketing Digital.

Porém, não basta fazer uma página nas redes sociais e ficar postando o dia todo para obter resultados — isso você deixa para os amadores. Para realmente conquistar clientes interessados em comprar na sua loja, existem técnicas que possibilitam criar campanhas de marketing certeiras e ainda sem gastar muito dinheiro. Conte com agências especializadas em Marketing Digital e você verá que a relação custo-benefício será muito interessante.

Como conciliar as vendas online e offline

Pode parecer que será difícil conciliar as duas atividades, mas acredite: você conseguirá fazê-lo muito bem, e a explicação está nas próximas linhas.

Uma loja virtual normalmente consome menos trabalho e tempo para ser administrada, se comparada a uma loja física. É até interessante unir os dois canais de vendas sob a mesma gestão, pois os sistemas informatizados disponibilizados pela plataforma de e-commerce ajudarão a administrar o comércio físico.

Além disso, a estrutura básica a ser utilizada será a mesma em ambos os canais, como a área para estoque e os equipamentos de informática. Isso sem contar a parte burocrática de abertura de empresa e os gastos com reforma, que já foram realizados. Também não haverá aumento significativo em consumo de energia elétrica e telefone.

O interessante é que, ao investir em marketing para divulgar o seu e-commerce, a sua loja física também ficará mais conhecida do seu público. Será uma consequência natural. Assim, o movimento de clientes em ambos os canais aumentará.

Portanto, ao conciliar as vendas online e offline, a administração do seu comércio ficará mais automatizada e a publicidade gerará mais fluxo de clientes nos estabelecimentos. A sua preocupação deverá ser em disponibilizar uma estrutura capaz de oferecer um atendimento de qualidade para fidelizar o cliente e manter a imagem da marca em alta.

Agindo assim, certamente, a sua empresa lucrará mais, terá uma base sólida de clientes e prosperará.

Como montar uma estratégia de vendas online

Para que a sua loja realmente consiga conquistar clientes, você precisa estabelecer uma estratégia. Assim, conseguirá identificar oportunidades e falhas, aumentar a qualidade e diminuir os riscos do seu negócio.

Mas como fazer isso? Siga as 4 dicas abaixo!

Conheça o mercado

Para obter sucesso empresarial, por meio de venda online ou offline, você precisa conhecer muito bem o mercado de atuação. Isso possibilita saber o que o seu público deseja e o que rejeita, quais são os seus comportamentos, o seu poder aquisitivo, a sua faixa etária, entre diversos outros dados.

Ao escolher uma plataforma de e-commerce eficiente, boa parte dessas informações é coletada dos visitantes do seu site, por meio do monitoramento. Isso permite que a sua loja ofereça o produto desejado pelo preço que o cliente pode pagar e facilita a organização do atendimento e o direcionamento das campanhas de marketing, melhorando ainda a experiência do consumidor com a sua marca.

Crie um diferencial

Uma dica valiosa para obter sucesso na venda online é apostar na diferenciação, atingindo um nicho pouco explorado pelo mercado. Muitos clientes aceitam pagar mais por um produto quando ele realmente atende aos seus desejos. Normalmente, isso ocorre por meio de alguma personalização, seja no atendimento, no produto ou na forma de entrega ou pagamento.

Um exemplo: se você vende roupas, perceberá que existem inúmeras outras lojas que vendem também. Um diferencial seria oferecer algum tipo de ajuste na peça, como no comprimento, por exemplo. São raras as lojas virtuais que oferecem essa possibilidade.

Divulgue

Agora que você conhece o seu mercado e tem o diferencial que ele tanto procura, está na hora de falar isso para o seu consumidor. Uma ideia é fazer uso do marketing de conteúdo, que é uma maneira de se aproximar do seu público sem ser invasivo. Oferecendo informações de qualidade, sua empresa atrai visitantes que percebem sua autoridade no assunto, gerando vendas.

Acompanhe as métricas

O interessante da venda online é que praticamente tudo pode ser medido e acompanhado. Portanto, faça uso dessa facilidade e acompanhe de perto os resultados do seu negócio. Porém, tenha cuidado ao verificar apenas o que é realmente importante para seu empreendimento. Muitos administradores acabam se perdendo no meio de tantas informações.

Essas medições são disponibilizadas pela plataforma de e-commerce em que você escolheu implementar o seu canal de venda online.

O que fazer para ter resultados com as vendas na Internet

Agora que você já conhece as reais vantagens de se ter um canal de venda online e sabe como implementá-lo, receba um bônus com as 6 dicas abaixo, necessárias para extrair os melhores resultados com as vendas na Internet.

Tenha um site 100% funcional e de ótima navegabilidade

A experiência de compra do seu cliente em sua loja virtual deve ser excelente. Caso contrário, a possibilidade de desistência é grande. Assim, escolha uma plataforma que possibilite que seu site seja rápido, com imagens, letras e cores adequadas e sem propagandas de terceiros atrapalhando a navegação.

Seja verdadeiro

Nunca prometa o que não poderá cumprir. O consumidor virtual é exigente e, quando insatisfeito, costuma divulgar seus problemas nas redes sociais, impactando negativamente a imagem da empresa. Portanto, cuidado nas descrições dos produtos, nos valores e nos prazos de entrega.

Tenha cuidado com a logística

Após a compra, a ansiedade é grande pelo recebimento do produto. Surpreenda positivamente o seu cliente, entregando suas encomendas em um prazo menor do que o estipulado e muito bem embaladas. Com certeza, ele fará bons comentários sobre a sua empresa para os amigos.

Invista em SEO (Search Engine Optimization)

Caso ainda não saiba o que é SEO, é fundamental procurar saber. Basicamente, é otimizar o seu site para que os motores de busca, como o Google e o Bing, consigam encontrá-lo e o coloquem no topo das pesquisas. Quando o trabalho de SEO é bem feito, a sua loja virtual alcança maior visibilidade e obtém mais visitantes, diminuindo a necessidade de investir em anúncios pagos.

Tenha um site seguro

Para que os seus visitantes se sintam confiantes em finalizar a compra, informando dados pessoais e o número de cartão de crédito, é preciso oferecer um site seguro e que inspire confiança.

A correta escolha da plataforma e do sistema de pagamento é fundamental para obter a segurança necessária.

Seja organizado

Para ter o controle de todo o processo de venda online, você terá em suas mãos diversas ferramentas, relatórios e informações. Faça uso de tudo isso de maneira organizada, para que você satisfaça seus clientes entregando o produto certo na hora certa e consiga também reduzir despesas e aumentar receitas.

Viu como existem diversas vantagens de se ter um canal de venda online? E percebeu como isso tudo está ao seu alcance? Fazendo as escolhas certas e tendo planejamento, organização e criatividade, as possibilidades de obter bons lucros são muitas.

Abrindo um canal de venda online, utilizando uma plataforma que possibilite ter um site atraente, rápido e funcional e fazendo uso das corretas técnicas de marketing, serão grandes as possibilidades de atrair muitos visitantes.

Ao disponibilizar mercadorias de qualidade com preço justo e um ótimo atendimento, desde o primeiro contato até o pós-venda, seus visitantes se tornarão consumidores fiéis.

Agora que você já sabe tudo sobre e-commerce, o que acha de parar de perder tempo e dinheiro e tornar o seu canal de venda online uma realidade? Entre em contato agora mesmo com a WorkConnection e descubra a melhor forma de criar a sua loja virtual.

Aprenda a gerenciar as finanças do seu e-commerce

Aprenda a gerenciar as finanças do seu e-commerce

Gerenciar um negócio virtual, assim como um negócio físico, requer cuidados em uma série de atividades. Para ter sucesso, é fundamental que o empreendedor se atente ao atendimento, à qualidade dos produtos vendidos, aos prazos de entrega e,...

ler mais

LIGUE 47 3055-2655

Fale com um especialista

icone whatsapp Glaucia

Luana

Chat direto clicando no ícone

Cadastre seu e-mail e fique atualizado sobre boas práticas de e-commerce. SEM SPAM 🙂

site-seguro
plataforma-workconnection
google-safe-browsing

Rua Emmerich Ruysam, 214 - Sala 03- Vila Nova  - Jaraguá do Sul - SC
Todos os direitos Reservados ©2018