7 ferramentas que vão te ajudar a vender mais no e-commerce

por | 04/12/2017 | ecommerce

As vendas no e-commerce brasileiro crescem mesmo em meio a crise. De acordo com E-bit, no primeiro semestre de 2017, o setor atingiu a marca de R$ 48.8 bilhões e a projeção é de um aumento de 12% à 15% para este ano. É um mercado amplo, mas que exige planejamento e diferenciais para conseguir vencer a competitividade.

Para auxiliar os gestores a tomarem decisões mais assertivas, foram desenvolvidas ferramentas para atrair clientes, entender seus hábitos, gerar conversões, entre outras ações que permitem potencializar as vendas.

Neste post vamos descrever algumas delas, suas vantagens e outras informações relevantes que ajudarão na gestão e nos resultados. Acompanhe!

1. Google Analytics

Se você tem uma loja virtual, precisa do Google Analytics. Essa é, talvez, a principal ferramenta destinada à análise de dados e conversões, pois, além de eficiente, é gratuita. Por meio de filtros de desempenho, os gestores têm acesso às informações relacionadas à performance do seu website.

É possível, por exemplo, ver e analisar as taxas de conversões, filtradas conforme os objetivos, averiguar o retorno dos anúncios feitos no Google e na rede de displays, entre outras informações indispensáveis para o andamento do negócio.

Para usá-lo, basta ter conta no Google, acessar o site, cadastrar a sua loja virtual e integrar o código HTML disponibilizado pelo Google Analytics. Assim, ele pode fazer o acompanhamento métrico do e-commerce.

2. Typeform

O Typeform é uma ferramenta gratuita que permite o desenvolvimento de formulários e questionários dinâmicos e interessantes para os usuários, diferente das pesquisas dessa natureza. A vantagem é a possibilidade de implementar os questionários tanto no site desktop ou mobile, além de integrar vídeos e imagens para aumentar o interesse do público.

Trata-se de uma aplicação ideal para que os negócios possam entender aquilo que os clientes precisam, com base em informações disponibilizadas pelo seu público e não pelas fornecidas através das plataformas. Isso aumenta a integridade e relevância dos dados gerados e reflete nas vendas do e-commerce.

3. MailChimp

Engana-se quem pensa que o e-mail marketing não gera resultados. Pesquisa conduzida pela MarketingSherpa mostrou que 72% dos consumidores classificam o e-mail como o melhor canal para receber comunicados de empresas e marcas.

Se você já entendeu que o e-mail marketing é importante para o seu negócio, deverá buscar uma ferramenta que auxilie na gestão e na estratégia. O MailChimp faz isso e mais um pouco. A aplicação permite cadastrar e-mails, enviá-los para todos da lista ou grupos específicos, comprar listas (não recomendado) e, principalmente, analisar com precisão as interações dos clientes.

A partir daí os gestores podem segmentar a estratégia, criar e-mails com layouts bem apresentáveis e mais impactantes, gerenciar a lista, entre outras funcionalidades. Tudo de forma simples, intuitiva e organizada.

4. Google Adwords

O Google Adwords é uma ferramenta de publicidade que permite criar anúncios que serão exibidos nos buscadores e nos sites que fazem parte da rede de displays do Google, na forma de links patrocinados. Eles ficam dispostos, principalmente, nas laterais e na parte de cima das páginas.

Os anúncios são exibidos quando um usuário faz alguma busca do seu computador ou smartphone com palavras-chave escolhidas por você, que pode configurar qual o valor por clique e total da campanha. Quanto maior o valor determinado por clique, melhor é o posicionamento do seu anúncio.

Entre as vantagens da ferramenta estão a possibilidade de segmentar os anúncios conforme o público a ser impactado e região, por exemplo, além de não existir um valor mínimo para investir. Os resultados podem ser mais expressivos quando associados ao uso do Google Analytics.

5. Navegg

Apesar dos esforços, ainda são comuns situações como abandono de carrinho, usuários que acessam o site, acompanham algumas ofertas e vão para outra página, entre outras ações indesejadas. O Navegg vem justamente para evitar que isso ocorra e ajuda a gerar mais conversões.

Essa ferramenta permite analisar os usuários de um jeito mais apurado, classificando-os em diferentes tipos. É o que eles denominam clusterização de clientes, que é basicamente uma análise nítida do comportamento e características dos usuários que compraram e dos que não compraram no e-commerce.

Com os dados em mãos, os gestores podem tomar ações mais significativas para a busca de conversões, desenvolver promoções, anúncios, entre outras estratégias capazes de gerar resultados positivos para o e-commerce. A principal vantagem está no painel de controle do Navegg, o qual é intuitivo e traz informações simples de serem compreendidas.

6. Marketplace

A grosso modo, marketplaces são os shopping centers da internet. São portais que reúnem vários vendedores (chamados sellers) que podem expor seus produtos em perfis ou lojas internas, vender de forma segura, anunciar, etc. Os mais conhecidos do país são Mercado Livre, Submarino, Lojas Americanas e Walmart. Esses últimos, além de venderem seus produtos, também podem vender o dos sellers cadastrados.

A principal vantagem é a de ter seus produtos visíveis para milhões de clientes em potencial, o que permite um aumento significativo nas vendas. Não é necessário investir em recursos como segurança, hospedagem, meios de pagamento, entre outros. Em troca, o marketplace ganha um percentual pela venda intermediada e/ou vende espaços para anúncios.

7. Bume.io

O Bume.io é destinado para os e-commerces com perfil no Instagram. A rede social de fotos pode ser a vitrine do negócio, servindo não apenas para apresentar produtos como também gerar engajamento, conversões, além de trazer métricas de vaidade como número de views e curtidas.

Para utilizar o Bume.io é necessário fazer uma assinatura, mas é possível testar por 5 dias gratuitamente, para isso basta criar um perfil e logar com a conta do Instagram, seguir os passos na página inicial para integrar o seu perfil do Instagram no Bume.io. Uma das principais vantagens da ferramenta é a possibilidade de acompanhar a rede social pelo computador, uma vez que ele foi desenvolvido para smartphones.

A aplicação profissionaliza a gestão do Instagram para os negócios virtuais, trazendo funcionalidades direcionadas à administração das contas, análise de métricas e demais recursos para as marcas que utilizam a rede social na estratégia para aumentar as vendas do e-commerce.

Esse post sobre vendas no e-commerce foi útil de alguma forma? Então, entre em contato conosco e veja outras de potencializar os resultados do negócio.

Aprenda a gerenciar as finanças do seu e-commerce

Aprenda a gerenciar as finanças do seu e-commerce

Gerenciar um negócio virtual, assim como um negócio físico, requer cuidados em uma série de atividades. Para ter sucesso, é fundamental que o empreendedor se atente ao atendimento, à qualidade dos produtos vendidos, aos prazos de entrega e,...

ler mais

LIGUE 47 3055-2655

Fale com um especialista

icone whatsapp ani

Ani

Chat direto clicando no ícone

icone whatsapp Glaucia

Glaucia

Chat direto clicando no ícone

site-seguro
plataforma-workconnection
google-safe-browsing

Rua Emmerich Ruysam, 214 – Sala 03- Vila Nova  – Jaraguá do Sul – SC
Todos os direitos Reservados ©2018

site-seguro
plataforma-workconnection
google-safe-browsing

Rua Emmerich Ruysam, 214 – Sala 03 – Vila Nova  – Jaraguá do Sul – SC
Todos os direitos Reservados ©2018
Termos & Condições de Serviço

× Fale Conosco